Relato de um Blogueiro

Hoje vou deixar registrado aqui um pouco da vida de um blogueiro. Já estou nessa lida uns três anos, e posso afirmar para quem esta recém começando… Você esta na última partícula no cume do iceberg, existe um universo tão grande dentro das relações e ligações de links dentro das blogosferas com um poder de comunicação gigantesco capaz de derrubar qualquer fronteira! É um dos melhores exemplos daquilo que muitos matemáticos modernos conhecem por “teoria do caos” e “efeito borboleta” e o twitter esta ai pra provar isso com seus RTs.

Mas por que toda essa minha explanação sobre blogs? Bem eu iniciei de uma maneira profissional no mundo das mídias sociais a uns dois anos, e como uma das primeiras metas era fazer com que meu nome se torna-se sugestão de pesquisa do Google algo como se alguém digita-se “Thiago Bl” por exemplo o Google sugeri-se como uma das possíveis palavras-chave meu nome completo. Alguns dirão que isso é fácil, com um nome popular concordo, mas com um sobrenome atípico como “Thiago Blauth Ferreira”, bem isso já acho um pouco difícil, e para isso acontecer uma quantidade considerável de citações com meu nome teria que estar semeada pela web. Então me deparei com a primeira barreira, como fazer isso, como saber onde encontrar conteúdo em primeira mão para comentar? Fiz-me essas perguntas, e descobri que existiam muitas maneiras, mas achei uma pouco explorada, que era pegar carona em alguma rede social onde sua comunicação fosse baseada em compartilhamento de conteúdo, confesso que encontrei varias, mas uma me chamou a atenção pelo alto índice de usuários ativos! Pois bem amigos, então conheci o diHITT que confesso eu que ainda não tenho uma resposta definitiva de como essa rede se destacou de outras como linkk pertencente ao IG por exemplo!

E o tempo passou, e vi que para alguns a projeção dos seus nomes se focava somente a rede social e que não percebiam o potencial de pensar nisso como um efeito borboleta além! Então consegui com que meu nome se torna-se sugestão… Bingo! Isso é muito positivo, para mim como profissional, pois uma agencia digital que se preze ira fazer um search no meu nome e essa sugestão garante belos pontos. Mas essa minha busca trouxe outras grandes conquistas, principalmente as colaborativas, como o http://ikaro.net um blog em três línguas com estruturas internas independentes, um convite que surgiu dentro do diHITT, esta bem difícil eu encontrar tempo pra colaborar com ele, mas estou fazendo um grande esforço para retomar de maneira mais intensiva minha atividade nele. Nessa linha há pouco tempo surgiu à possibilidade de colaborar com o blog do Alexandre, e depois de alguns e-mails aqui estou. Hoje posso garantir que minha permanência na web é 90% dependente das minhas atividades dentro das redes sociais, principalmente dos blogs.

Poderia ficar aqui falando sobre isso durante um longo tempo, mas não vou abusar da atenção de todos. Quero deixar uma dica que aprendi ao longo desses poucos anos como blogueiro, seja ativo, participe, não como uma maquiagem pra esconder uma segunda intenção a menos que ela seja clara, mas participe daquilo que realmente vale a pena deter sua atenção, aquilo que realmente merece seus comentários, concordo que muitas vezes vale um comentário breve como forma de gratidão pois os relacionamentos nas redes sociais são muito semelhantes aos com os amigos no off-line… um comentário breve muitas vezes é um gesto de gratidão, assim como um amigo apertam as mãos ou se abraçam. Se de a oportunidade, antes mesmo que a oportunidade venha a você, você vera que se dispor a colaborar cria oportunidades e isso não é contar com a sorte é construir oportunidades solidas, baseadas em reciprocidade, em afinidades que são esculpidas na colaboração.

Você sempre tem algo a oferecer, algo que você é bom, mesmo um bom ouvinte é algo a se oferecer, e as redes sociais lhe proporcionam você doar isso, os ganhos financeiros são secundários, eles brotam por si só, as redes sociais só oferecem ganhos para aqueles que a alimentam com sua interatividade apaixonada, é um ambiente social, e ninguém gosta de pessoas que demonstrem sempre um segundo interesse nas suas conversas… Isso soa como falsidade em qualquer lugar.

HEHE acho que me estendi demais, mas espero que tenham gostado desse relato.

Thiago Blauth Ferreira

Luz na mente e Paz no coração.

2 thoughts on “Relato de um Blogueiro

  1. Olá, acabei de lançar o livro “Blogs Lucrativos: Como criar um blog do zero, conquistar popularidade e ganhar dinheiro” e vamos sortear alguns exemplares. Se for do seu interesse, os detalhes estão aqui: bit.ly/promoblogs

    Obrigado,
    Carlos Demetrio

  2. Thiago,
    Parabéns por compartilhar a sua história conosco. Nós que estamos começando a nossa jornada na Blogosfera é sempre interessante ler relatos como o seu.
    Obrigado pela contribuição.
    Abs,
    Alexandre Silva

Comments are closed.